Magalu compra Sode, plataforma que faz entregas em até uma hora

Magalu compra Sode, plataforma que faz entregas em até uma hora

Por Mariana Zonta d'Ávila

O Magazine Luiza (MGLU3) anunciou na noite de segunda-feira (26) que concluiu a aquisição da Sode Intermediação de Negócios, uma plataforma de logística de entregas ultra-rápidas.

O valor da transação, que foi realizada por uma empresa controlada pela varejista, não foi informado.

Fundada em Recife, em 2015, a Sode está presente em oito estados e possui mais de mil entregadores ativos, que realizam atualmente 2 milhões de entregas em termos anualizados.

A companhia possui tecnologia proprietária especializada na gestão, roteirização e rastreamento de entregas ultra-rápidas realizadas por parceiros, donos de suas próprias motos. Seu algoritmo permite que os pedidos sejam alocados para o parceiro mais próximo, garantindo uma entrega mais rápida para o cliente.

A Sode já é parceira do Magalu em 30 cidades, possibilitando que os clientes do e-commerce recebam seus pedidos em até uma hora.

Segundo comunicado, a taxa de conversão é 62% maior para os pedidos com entrega em uma hora, quando comparada com o prazo de 48 horas. “Com a aquisição, o Magalu irá acelerar a expansão da entrega ultra-rápida para a maioria de suas lojas”, escreve a companhia.

Além disso, com a Sode, a logística do Magalu passa a contar também com entregas utilizando motos, “reduzindo ainda mais os prazos e a distância para o cliente final”, destaca o Magalu.

Segundo o comunicado ao mercado, a Sode fará, em breve, entregas em até uma hora também para os vendedores do marketplace do Magalu, com a entrega a partir da loja do próprio vendedor, e para os restaurantes parceiros da AiQFome.

Fusões e aquisições estão aquecidas

O Magalu segue consistente em sua estratégia de fusões e aquisições. Recentemente, a varejista anunciou a compra da plataforma de e-commerce de tecnologia e games KaBuM!, por R$ 1 bilhão mais 75 milhões de ações.

Em junho, a companhia comprou também a plataforma de entrega de refeições por aplicativo Plus Delivery, bem como a startup Juni, especializada em melhorar a taxa de conversão de vendas no comércio eletrônico.

Na semana passada, o Magalu anunciou ainda que levantou R$ 3,981 bilhões em oferta de ações para financiar a aquisição da KabuM!, entre outras medidas.

A empresa precificou suas ações a R$ 22,75 cada na oferta subsequente (ou follow-on), um desconto de 2,15% sobre o preço de fechamento de quinta-feira (22). Houve a distribuição primária de 175 milhões de ações ordinárias.

Por conta da emissão, o novo capital social da empresa passa a ser de R$ 10.052.161.472,00, dividido em 6.673.926.848 ações ordinárias. Os novos papéis passaram a ser negociadas na B3 na última segunda-feira (26); já a liquidação física e financeira ocorre nesta terça (27).

Nesta manhã, por volta das 10h30, os papéis MGLU3 apresentavam queda de 1,2% na Bolsa brasileira, B3, negociados a R$ 21,80.

 

Fonte: InfoMoney
Imagem: Divulgação

Mantenedores do FGVcev