Especialistas comentam crescimento do varejo esportivo no Brasil

Especialistas comentam crescimento do varejo esportivo no Brasil

De acordo com uma projeção do site Statista, o faturamento do segmento esportivo deve crescer em torno de 5% ao ano até 2025. Segundo especialistas, o licenciamento pode ter grande parte nesse número. 

O levantamento mostra ainda que a receita no segmento Sports & Outdoor está projetada para atingir US$ 394 milhões em 2022. Para Patrick Winkler, CEO do Grupo Swim Channel, este crescimento pode ter relação com parcerias entre empresas do mesmo segmento.

"Os números que o setor deve atingir ainda este ano irão impactar diretamente na forma em como as empresas varejistas ligadas ao esporte se comportam. Além disso, acredito que esse crescimento se dá também com o aumento do acervo e crescimento da comercialização dos produtos das empresas que trabalham em conjunto", comenta Patrick, que licenciou no último mês a loja Swim Channel para a varejista Rythmoon. 

Também segundo o Statista, o segmento Sports & Outdoor, espera-se que o número de usuários praticantes chegue a 38,4 milhões até 2025, o que terá um impacto sobre as vendas. O executivo comenta ainda que os resultados do setor são promissores, assim como o aumento de artigos esportivos

Um dos criadores e gestores da Rythmoon, Adriano Aguion, trabalha com diversas modalidades esportivas e reitera o quanto o cuidado, planejamento e a credibilidade na hora da venda devem ser levados em conta pelas empresas que procuram crescer no segmento varejista. 

"Fazer um licenciamento de marca não é fácil, precisamos ter cuidado com todas as ações que a empresa realiza e nosso papel é potencializar o crescimento de ambas empresas. Precisamos pensar sempre na modernidade, credibilidade e tendência para alavancar as vendas", finaliza Aguion. 

Como visto nos dados apresentados, as expectativas para o setor varejista são altas. Os especialistas da Swim Channel e Rythmoon concordam e afirmam que a recuperação do setor, assim como sua ascensão, estão ligados a vários fatores e ao licenciamento de pequenas e médias empresas para empresas especializadas em comércio online e personalizado, como é o caso da venda de artigos esportivos. 

Para mais informações, basta acessar: www.loja.swimchannel.net

 

Fonte: UOL Notícias
Imagem
: Unspluh

Mantenedores do FGVcev