Workshop FGVcev: Trade Marketing Digital

Workshop FGVcev: Trade Marketing Digital
21 ago 2021
Transmissão online e ao vivo - via ferramenta Zoom
08:30 até 13:30

O isolamento de 2020 acelerou a digitalização de pessoas físicas e jurídicas em uma transposição de sobrevivência do analógico para o digital. Em 2020 o comércio eletrônico no Brasil cresceu em níveis não vistos nos últimos 20 anos, mostrando que a necessidade atropelou as metodologias ágeis e eliminou burocracias.  Setores lentos na adesão ao comércio eletrônico reagiram rapidamente e lojas eletrônicas foram lançadas em modelos enxutos mimetizando o conceito MPV. 

Lojas fechadas viabilizaram o surgimento de novos canais de vendas como o Click to WhatsApp e iniciativas digitais de práticas de trade marketing. E não sem motivo. De acordo com a 43ª edição do estudo Webshoppers Ebit/Nielsen, as vendas online aumentaram 41% atraindo 13,2 milhões de brasileiros que compraram pela primeira no comércio eletrônico vez, totalizando 80 milhões de e-consumidores ao final do ano. O comércio em dispositivos móveis atingiu 55% das transações realizadas no varejo virtual e ano quebrou recorde também em número de lojas: hoje há mais de 1,3 milhões - a maioria de pequeno porte. A migração em massa de pequenas empresas para o comércio eletrônico impressiona. Em 2019, 27% do número de lojas do comércio eletrônico eram pequenos. Hoje, essas empresas são responsáveis por quase metade das lojas online (48,06%) embora em termos de faturamento 78% das vendas são realizadas em marketplaces.

Este cenário cria diversas indagações para o Trade Marketing, já que sua finalidade é “gerar valor com a melhoria de experiência de compra para o shopper.” (D´Andrea, Consoli e Guissoni, 2011). A jornada multicanal está sendo considerada para aprimorar esta experiência? Varejo e indústria estão aperfeiçoando os pilares do trade marketing no ambiente digital? Novos canais recebem investimento para aperfeiçoar a jornada e estimular o processo de compra?  A disciplina migrou em sua dinâmica para o ambiente digital ou ainda predominam soluções analógicas? 

Temas Abordados
- A revolução digital em Trade Marketing
- Comportamentos de compras e a jornada omnichannel
- A digitalização da Experiência de compras
- Pilares de Trade Marketing Omnichannel 
- Iniciativas para Visibilidade e Promoção Digital
 

Objetivo

Este workshop irá debater estes temas por meio de cases e iniciativas práticas para o desenvolvimento do Trade Marketing Digital. Ou melhor, Trade Marketing Omnichannel. 

Público-alvo

Empresários e executivos do varejo, profissionais de trade marketing de indústrias e agências de comunicação, que desejam rever sua atuação em trade marketing.

Programação

sab 21/08
8h30 - 9h10

Trade Marketing Omnichannel, do Analógico ao Digital

 Beth Furtado 

9h15 às 10h

Praticando a Shoppercracia: O Shopper do Futuro

Fatima Merlin 

10h05 às 10h45

Trade Marketing Digital no Varejo Alimentar

Fernanda Dalben – Diretora de Marketing 

10h50 às 11h35

Trade Marketing Digital Omnichannel

Ilca Sierra – Diretora de Marketing Multicanal 
Via Varejo 

11h35 - 11h50

Intervalo

11h50 às 13h20

Dinâmica de grupos para criação de Roadmap de projetos de Trade Marketing Digital 

Moderação: 
Patricia Albuquerque -  Especialista em Gestão de Categoria 

Marcelo Droopy  - Chief Creative Officer Cheil Brasil 

13h20 - 13h30

Encerramento

Coordenação

Beth Furtado

Mestre em Gestão para a Competitividade pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV/EAESP), Psicóloga pela Universidade Federal do Paraná, Bacharel em Artes Cênicas pela Universidade Católica do Paraná. Atuou nas áreas de Marketing e Comunicação em empresas de consultoria empresarial, bens de consumo e bens duráveis como INCEPA S/A, O Boticário, Consultoria GS&MD e Grupo Talent. Atualmente está à frente da Alia MKT Decode, boutique de estratégia empresarial. Professora das seguintes disciplinas na Fundação Getúlio Vargas | FGV Educação Executiva: Branding; Comunicação, Planejamento e Convergência de Mídias; E-commerce e Operações Omnichannel; Inovação nas Organizações e Marketing e Mídias Digitais.  Professora de Trade Marketing e Branding no curso de graduação em Administração de Empresas da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM). 

Mantenedores do FGVcev